Avaliações e testes de inteligência emocional

Thomas components
Emotional Intelligence Icon

Avaliações e testes de inteligência emocional

Informações sobre as emoções de uma pessoa em relação a outras no trabalho

  • Recrute candidatos medindo sua inteligência emocional
  • Afinar as habilidades gerenciais dos funcionários
  • Usar a comunicação eficaz
  • Promover engajamento e lealdade
  • Entender as emoções dos funcionários e como administram seus relacionamentos
Solicite uma demonstração
Users Love Us badge G2

Veja as ​últimas avaliações de nossos clientes mais satisfeitos

Solicite uma demonstração

Avaliação de inteligência emocional da Thomas

A avaliação da inteligência emocional ou o questionário de traços de inteligência emocional (TEIQue) avalia a capacidade que a pessoa tem de entender e controlar suas emoções e reconhecer e administrar as emoções dos outros.

Como funciona a avaliação de inteligência geral emocional

O Questionário de traços de inteligência emocional (TEIQue) mede 15 traços emocionais referentes ao bem-estar, ao autocontrole, à emotividade e à sociabilidade.

Profile Report

Relatórios detalhados

Entenda os pontos fortes e fracos das pessoas, como reagem sob pressão, a capacidade que têm de desenvolver novos relacionamentos e o nível de adaptabilidade e automotivação que apresentam.

No right or wrong answers icon

Não há respostas certas ou erradas

Não há maneiras certas ou erradas de usar a inteligência emocional. Há consequências positivas e negativas para todas as várias pontuações no questionário, que são explicadas nos relatórios.

Target icon

Vários usos distintos

O TEIQue é usado para diversas finalidades, entre elas análises, treinamento de liderança, preparo para o trabalho e para a vida, desenvolvimento de talentos, medição do moral dos funcionários, criação de equipes, recrutamento e seleção, entre outras.

Emotion Assessment Info

Informações da avaliação

  • Tipo de avaliação: Inteligência emocional
  • Formato: 153 perguntas
  • Tempo de conclusão: 30 minutos
  • Treinamento obrigatório: Credenciamento em TEIQue

Validação:

Registrado na Sociedade Britânica de Psicologia e auditado de acordo com os critérios técnicos estabelecidos pela Federação Europeia de Associações de Psicólogos

O TEIQue nos ajuda muito a entender perfeitamente a personalidade do candidato e oferece aos futuros gerentes uma visão detalhada de como o candidato se encaixaria em sua equipe.

Donna Carolan
Chefe de aquisição de talentos
Background and theory - EI image

Embasamento teórico

O questionário de traços de inteligência emocional (TEIQue, pronuncia-se TQ) foi desenvolvido e está sempre sendo atualizado pelo PhD K.V. Petrides em seu​​ ​Laboratório de Psicometria de Londres​, sediado atualmente na London University College (UCL).

O TEIQue baseia-se na teoria de traços da inteligência emocional de K. V. Petrides (traços de IE), que considera em seu cerne uma constelação de autopercepções emocionais localizadas nos níveis mais baixos das hierarquias da personalidade. Os Traços de IE oferecem uma operacionalização dos aspectos afetivos da personalidade, o que significa que ele avalia de forma abrangente o universo emocional do indivíduo.

Entre outras características psicológicas, o TEIque avalia nossas crenças sobre nossas habilidades emocionais (por exemplo, o quanto acreditamos que conseguimos identificar, entender e administrar nossas próprias emoções e as emoções dos outros). Essas crenças constituem fortes indicadores de uma gama significativa de comportamentos e conquistas, muitas das quais são vitais no trabalho (desempenho na função, satisfação e estresse, liderança, cidadania e comprometimento organizacional, trabalho em equipe etc.)

Formt of EI Assessment image

Formato das avaliações de inteligência emocional

O TEIQue é um questionário de autoanálise. Os indivíduos indicam seu grau de concordância em uma escala de Likert de 1 a 7 (1 'discordam totalmente' e 7 'concordam totalmente') com 153 itens individuais.

Behaviour Validity

Confiabilidade e Validade

O TEIQue foi registrado na British Psychological Society (BPS) após passar por auditoria segundo os critérios técnicos estabelecidos pelo European Standing Committee on Tests and Testing, que faz parte da European Federation of Psychologists' Associations.

Libere o poder de seu povo com Thomas

Dúvidas frequentes

O que é o teste de inteligência emocional?

O teste de inteligência emocional (EI) foi concebido para entender o seu nível de inteligência emocional com base nas cinco características da inteligência emocional. Sua capacidade de entender, utilizar e administrar suas próprias emoções de maneira positiva para aliviar o estresse, comunicar com eficácia, ter empatia com os outros, superar desafios e neutralizar conflitos.

Iniciada com a pesquisa de Mayer, Caruso, Salovey & Sitarenios (2003), a inteligência emocional é diferente do QI (quociente de inteligência) que mede o raciocínio lógico. A inteligência emocional nos traz um entendimento maior de como alguém lida com suas emoções e com as emoções dos outros nas situações cotidianas.

A inteligência emocional (EI) é algo que pode ser desenvolvido com o tempo. Os principais componentes da inteligência emocional são: autoconsciência (o reconhecimento das próprias emoções), autoconsciência social (reconhecimento das emoções dos outros), autoadministração (capacidade de administrar suas próprias emoções) e habilidades sociais (capacidade de influenciar e administrar as emoções dos outros).

O teste de inteligência emocional foi concebido para analisar esses traços e entender quais áreas precisam de desenvolvimento para auxiliar na capacidade da pessoa de desenvolver sua inteligência emocional em situações específicas.

Como testar a inteligência emocional

Há algumas maneiras diferentes de testar a inteligência emocional. Eles são divididos principalmente em três grupos: autoanálise, análise dos outros e testes de habilidade. Cada um deles traz seus próprios prós e contras, mas basicamente são concebidos para testar a sua inteligência emocional com base nas situações e em suas reações.

A autoanálise é mais utilizada nos testes de personalidade. Traços que incluem amabilidade, empatia, ansiedade e assim por diante são testados dessa maneira por meio de uma série de perguntas que o participante deve responder, em uma escala deslizante, se ele concorda ou discorda da declaração.

Como a inteligência emocional leva outras pessoas em consideração, fazer com que os outros opinem é uma técnica muito usada também. Isto não significa que haverá liberdade para as pessoas atacarem seu caráter. Assim como a autoanálise, em que as respostas são baseadas em uma forma de escala deslizante, as perguntas não são feitas diretamente a você, elas são feitas às pessoas a quem você pediu opinião. Normalmente conhecido como avaliação do observador ou avaliação 360 graus, é uma maneira de entender como suas respostas emocionais e seu comportamento estão sendo observados por aqueles com quem você trabalha.

Por fim, há o teste de habilidade. A inteligência emocional é uma habilidade real, portanto nada mais justo que ela possa ser medida junto com outras habilidades. Há várias maneiras de se fazer isso, mas um dos métodos mais comuns é utilizar o sistema MEIS desenvolvido por Mayer, Caruso, Salovey & Sitarenios, que analisa respostas baseadas na ​​identificação de emoções​, no ​​uso das emoções​​, no ​​entendimento das emoções​​ e no ​erenciando das emoções​​.

Como funciona o teste de inteligência emocional?

Com base no tipo de teste que você está utilizando (autoanálise, análise de outros e o teste MEIS), há metodologias diferentes para realizar o teste emocional.

Os testes de autoanálise podem ser feitos por você mesmo e darão algumas informações sobre sua inteligência emocional. O teste funciona da seguinte forma: faz-se a pergunta e depois é necessário que você responda honestamente com base nas opções disponíveis. Por exemplo, "Acho difícil dormir à noite" seguida de respostas que incluem, "não é verdadeiro" "parcialmente verdadeiro" "totalmente verdadeiro".

As análises de outros são semelhantes às autoanálises, sendo que a principal diferença é que outras pessoas estão respondendo. Um exemplo típico quando outros fazem a análise da inteligência emocional são: "entende minhas emoções" seguido de respostas que incluem, "falso" "parcialmente verdadeiro" "totalmente verdadeiro".

Os testes MEIS baseiam-se em perguntas de cenários situacionais com três respostas possíveis, que equivalem a uma pontuação por resposta (o participante não está ciente da ponderação). Essas respostas são então avaliadas por meio de um banco de dados de respostas para chegar a uma pontuação total e assim medir a sua inteligência emocional.

A Thomas utiliza o questionário de traços de inteligência emocional (TEIQue). O questionário de traços de inteligência emocional (TEIQue) foi concebido para medir 15 traços emocionais referentes ao bem-estar, ao autocontrole, à emotividade e à capacidade de socialização.

Por que usar os testes de inteligência emocional no local de trabalho?

Entender como seus funcionários administrarão suas emoções e as de seus colegas ajudará as organizações a saberem quem é mais adequado para funções que podem ser altamente estressantes ou que exijam boas habilidades de liderança, duas áreas em que a boa inteligência emocional prospera.

Conseguir realizar testes de inteligência emocional para líderes é uma maneira pragmática de entender quem trará benefícios para a organização com as nuances e habilidades interpessoais que a inteligência emocional traz para a equipe.

Ter líderes dentro de uma organização que sejam mais inteligentes emocionalmente pode proporcionar um ambiente de trabalho tranquilo, além de ajudar a aumentar a produtividade e criar um ambiente de trabalho divertido que reduz a rotatividade dos funcionários e melhora os objetivos comerciais gerais.

Como os testes de inteligência emocional podem auxiliar no recrutamento?

Identificar quais candidatos têm habilidades interpessoais e boa inteligência emocional na etapa da entrevista ajudará a gerar uma percepção melhor sobre o candidato e a função que ele vai assumir. Saber qual candidato tem melhor relacionamento gerenciando suas emoções e as emoções das pessoas ao redor também seria um aspecto importante para qualquer empresa que estivesse procurando ajudar a orientar uma tomada de decisão sobre recrutamento no que diz respeito a quem é selecionado para funções de liderança.

Saber como testar a inteligência emocional em uma entrevista é, naturalmente, fundamental. Isto pode ser feito durante uma reunião presencial onde são apresentados cenários e avaliadas as respostas, tanto no que diz respeito à intuição quanto no entendimento da resposta, ou pode ser feito empregando-se uma das muitas técnicas descritas anteriormente.

Utilizando o questionário de traços de inteligência emocional da Thomas (TEIQue), os candidatos podem ser orientados a realizar esta avaliação online antes da entrevista presencial. As respostas e avaliações permanecem privadas e, nessa fase, somente podem ser acessadas pelo recrutador.

Como a Thomas pode ajudar com os testes de inteligência emocional?

O TEIque da Thomas avalia nossas crenças sobre nossas habilidades emocionais (por exemplo, o quanto acreditamos que conseguimos identificar, entender e administrar nossas próprias emoções e as emoções dos outros).

Essas crenças constituem fortes indicadores de uma gama significativa de comportamentos e conquistas, muitas das quais são vitais no trabalho (desempenho na função, satisfação e estresse, liderança, cidadania e comprometimento organizacional, trabalho em equipe etc.)